Facebook

Blog

A crescente preocupação da sociedade com a qualidade de vida tem ampliado o mercado para negócios que investem em produtos naturais.

O mercado de sucos, embora não seja novo, está cada vez maior no país. Dados na consultoria Nielsen mostram que o país consumiu 367 milhões de litros de suco só no primeiro semestre de 2013, quase 10% a mais que no mesmo período do ano anterior. A alta do faturamento foi ainda maior: 15,7%, de R$ 1,490 bilhão para R$ 1,724 bilhão.

Para quem já tem um negócio e deseja expandir seu faturamento com a venda de sucos naturais engarrafados, as máquinas extratoras de suco são indispensáveis. Por exemplo, o empreendedor que decidir investir na venda de sucos de laranja, poderá encontrar com facilidade no mercado máquinas que fazem de 100 a 200 litros de suco por hora e funcionam de uma forma simples, econômica e rápida. O único trabalho é de colocar as laranjas no extrator e ligar a máquina. A fruta cai automaticamente, é cortada e cada metade é espremida. Depois disso, o suco passa por uma peneira e está pronto para ser servido ou engarrafado.

Outra vantagem desse negócio é a abundância de matéria-prima. No Brasil é possível encontrar diversas frutas durante o ano todo, o que permite ao empresário manter um ritmo de produção constante, sem depender de sazonalidades.

Um diferencial que deve ser explorado nesse produto é o fato de ele ser saudável e natural. Escrever no rótulo do suco, por exemplo, quantas frutas foram usadas para produzi-lo é uma forma de explorar o aspecto positivo do produto.  

Powered by: MegaMidia Group - Todos os direitos reservados